Facebook
Cinco Miligramas de Misantropia

Papa Midnite – O poderoso Bruxo do universo Constantine

Papa Midnite - O poderoso Bruxo do universo Constantine

Com as notícias que um novo filme do Constantine está por vir é lógico que a atenção do público se voltou mais uma vez para o nosso querido exorcista inglês.
Mas o universo da Vertigo, do qual Constantine faz parte e pertence ao selo da DC Comics, é muito rico e cheio de personagens ambíguos, contraditórios e mordazes.
E nada melhor do que começar a desvendar esse universo por um dos personagens que mais me fascinam, o poderoso feiticeiro vodu jamaicano: Papa Midnite.

Suas origens

Nascido na famosa Trench Town na Jamaica, Papa Linton Midnite cresceu junto com a sua irmã Luna e ambos acompanhando as histórias de terror contadas pela mãe deles.
Esses contos de magia e artes das trevas incentivaram Papa Midnite a se aprofundar nas magias Vodu.


Papa cresceu usando sua habilidade apenas para enganar e tirar dinheiro das pessoas que ele fingia ajudar.


O local de origem do Papa Midnite foi alterado quando a DC reiniciou o universo em Os Novos 52, assim Papa passou a ser haitiano.


Com o passar dos séculos Papa Midnite se torna o feiticeiro mais poderoso de Nova Iorque, além de empresário, dono da boate Club Midnight, que além de um clube de apostas e casa de entretenimento, esconde serviços escusos e obscuros de feitiçarias para o deleite de criaturas diversas.

Primeira aparição em Constantine

Papa Midnite é uma criação do famoso quadrinista Jamie Delano em parceria com John Ridgway.


Delano foi o primeiro roteirista de John Constantine, quando o mago inglês ganhou a sua própria revista – Hellblazer #1 (1988).

O inglês Jamie Delano foi escolhido a dedo pelo seu amigo Alan Moore, criador do Constantine. Isso ocorreu quando Moore escreveu Monstro do Pantano e inseriu Constantine como personagem coadjuvante no enredo da história.


Já John Ridgway é um desenhista inglês que também foi responsável pelo visual de Constantine em Hellblazer.
E Papa Midnite estreou juntamente com John Constantine na primeira edição de Hellblazer em 1988.

Nessa edição Midnite ajuda John Constantine a capturar o demônio da fome Mnemoth, que foi libertado em Nova Iorque.

Constantine usa uma cadeira elétrica apelidada de Old Sparky da prisão nova iorquina de Sing-Sing e com a ajuda dos poderes mágicos de Papa Midnite invocam e prendem o demônio no corpo de Gary Lester, onde se consumiu.


Vale ressaltar que a prisão de Sing Sing que fica localizada em Noa Iorque chegou a executar 614 pessoas entre os anos de 1922 e 1972 quando a pena de morte foi abolida na cidade.

Compre na Amazon e ajude o site

Papa Midnite - O poderoso Bruxo do universo Constantine

Nas HQs

Em 2005 Papa Midnite ganhou uma história solo em cinco edições de uma HQ que mostra os primórdios de Papa Midnite e a sua Irmã Luna.


Eles nasceram no século 18 e viviam em Nova Iorque. Nesse período, os irmãos fizeram um senhorio branco de marionete através de magia e usam a casa desse homem como um QG para vender armas e realizar transações ilícitas que envolviam golpes e magias baratas.


O truque mais covarde do jovem Papa Midnite, entretanto, foi enganar um escravo fazendo-o pensar que “um pó mágico que parava as balas” permitiria a esse homem iniciar uma revolução contra o domínio dos homens brancos em Nova Iorque. O pó era obviamente falso.


Os escravos começaram a rebelião e imediatamente foram mortos por uma saraivada de balas. Os poucos vivos restantes sairiam e procurariam Papa Midnite para um acerto de contas. Essa história abre a HQ do Papa Midnite.


Após Papa Midnite e a sua irmã serem capturados, o líder da rebelião escrava força Papa Midnite a decapitar a sua irmã. Após esse ato, os algozes de Papa o condenam à imortalidade. Essa maldição só teria fim quando os homens brancos não mais governassem os homens negros no continente americano.


E para sacramentar essa maldição todos os escravos fugitivos que participaram da rebelião mataram uns aos outros como forma de sacrifício, já que eram bravos guerreiros e podiam com esse ato selar a maldição de Papa Midnite.


Papa MIdnite vagou pelos Estados Unidos atrás de conhecimento sobre feitiçaria com diversos shamans africanos e assim aumentar a sua magia.


Anos depois, ainda no século 18, Papa retorna a Nova Iorque para dar início a um plano que na mente doentia dele faria com que a maldição se extinguisse.


Para ajudá-lo em seu plano, o bruxo imortal invocou o deus trapaceiro africano Anansi.
O deus trapaceiro africano, Anansi tradicionalmente assume a forma de uma aranha, mas quando Papa Midnite o chamou para ajudar a criar uma rebelião de escravos na cidade de Nova York do século 18, ele apareceu na forma de um coelho antropomórfico.


Anansi disse para Midnite criar uma rebelião, cujo sangue derramado desencadearia novas rebeliões, levando à derrubada do homem branco. Mas, na verdade, Anansi estava apenas zombando da arrogância de Midnite. Depois de criar problemas suficientes, o deus deixou Midnite ser capturado por opressores brancos e queimado, mas como Midnite é imortal, ele sobreviveu.


Nas HQs de Constantine, Papa Midnite foi presença constante, mas as edições que mais me chamaram a atenção foram na luta contra o demônio Mnemoth e a edição Chamas de Perdição escrita por Garth Ennis.


Nesta edição Papa envia Constantine para o inferno como uma vingança pelo mago inglês ter roubado Midnite, mas ao chegar no inferno Constantine encontra a irmã de Papa Midnite e consegue um acordo com ela.


Nesta edição existe uma falha do Garth Ennis pois o autor deixa claro que o nome da irmã de Papa é Cedilla e não Luna. É preciso uma certa atenção para entender que é outro personagem, já que ela se dirige ao irmão pelo nome de Linton. No entanto, as revelações na minissérie Papa Midnite subsequente mostram que Cedilla não poderia ser sua irmã biológica e sugerem que ela foi uma das várias mulheres que ele decapitou e usou para obter informações da vida após a morte. Neste caso, Linton parece ter sido transformado retroativamente em um menino completamente diferente que matou sua irmã sob os mandos de Papa Midnite.

Papa Midnite - O poderoso Bruxo do universo Constantine

O crânio da irmã Luna como oráculo

Desde a morte de Luna, o feiticeiro Papa Midnite passou a usar crânio de Luna como um oráculo. Existem algumas contradições do local onde ela está, algumas edições citam o inferno e de lá ela orienta Papa em suas ações de feitiçaria e domínio.

Papa nas Telas

Papa Midnite ficou mundialmente conhecido no filme Constantine de 2005, que teve o ator Keanu Reeves interpretando Constantine . Na trama o personagem de Papa Midnite foi interpretado magistralmente pelo ator Djimon Hounsou (pronúncia em francês:”Jie-mon Hahn-soo”).
No seriado Constantine produzido pela NBC o personagem de Papa Midnite ficou por conta do ator Michael James Shaw.

Jornalista Filipe Souza - Cinco Miligramas de Misantropia

Filipe Souza

Editor / Jornalista Responsável

MTB32471/RJ

👽 Gateiro, thelemita, amo a cultura hindu;
👽Converso sobre aliens, esoterismo, Google Ads e receita de bolinho de chuva!
📀Colecionador de LPs, CDs, Livros e histórias;
🤘 Ah! E metaleiro;
🃏Jogo uns tarôs de Crowley;
– Jornalista, designer e Workaholic;
– Produtor de conteúdo e apresentador do canal Cinco Miligramas de Misantropia;
– Amo cozinhar e degustar cervejinha artesanal;

Curta e compartilhe essa misantropia