Facebook
Cinco Miligramas de Misantropia

O Clube dos 27: a maldição que assombra os grandes músicos

O Clube dos 27: a maldição que assombra os grandes músicos

Hoje, vamos falar sobre um assunto que tem intrigado fãs de música do mundo inteiro: o Clube dos 27. Esse grupo é formado por artistas que faleceram prematuramente, todos aos 27 anos de idade. Vamos conhecer um pouco mais sobre esse mistério e as histórias por trás das mortes desses músicos.

Quem são os membros do Clube dos 27?

O Clube dos 27 é um termo utilizado para se referir a um grupo de músicos que morreram aos 27 anos de idade. 

O fenômeno começou a chamar atenção em meados dos anos 60, quando Brian Jones, fundador dos Rolling Stones, morreu em 1969, aos 27 anos. Desde então, outros artistas famosos também faleceram com a mesma idade, o que gerou a ideia de um “clube”.

Causas de morte dos membros do Clube dos 27

As mortes desses artistas foram bastante diferentes entre si. Alguns faleceram por overdose de drogas, outros por problemas de saúde e acidentes. Então, listamos as causas de morte de cada um dos membros do Clube dos 27:

Clube dos 27 - Robert Johnson

Robert Johnson

Robert Johnson foi um dos primeiros artistas a entrar para o Clube dos 27. Ele era um guitarrista e cantor americano de blues que influenciou muitos outros artistas famosos, como Eric Clapton e Keith Richards. 

Johnson faleceu em 1938, em circunstâncias misteriosas. Acredita-se que ele tenha sido envenenado por um homem que o viu flertando com sua esposa.

Clube dos 27 Brian Jones

Brian Jones

Brian Jones foi o fundador dos Rolling Stones e um dos músicos mais talentosos da banda. Ele faleceu em 1969, afogado em sua própria piscina.

A causa exata de sua morte nunca foi totalmente esclarecida, mas suspeita-se que ele tenha morrido devido a uma overdose de drogas.

Clube dos 27 - Jimi Hendrix

Jimi Hendrix

Jimi Hendrix foi um dos guitarristas mais influentes da história do rock. Ele faleceu em 1970, sufocado pelo próprio vômito após uma overdose de pílulas para dormir.

Clube dos 27 - Janis Joplin

Janis Joplin

Janis Joplin era uma cantora conhecida por sua voz potente e única. Ela faleceu em 1970, devido a uma overdose de heroína.

Clube dos 27 - Jim Morrison

Jim Morrison

Jim Morrison era o vocalista da banda The Doors e um dos poetas mais famosos de sua geração. Ele faleceu em 1971, em Paris, por causa de um ataque cardíaco. No entanto, a causa exata de sua morte nunca foi totalmente esclarecida.

Clube dos 27 - Kurt Cobain

Kurt Cobain

Kurt Cobain era o líder da banda Nirvana e um dos maiores ícones do rock dos anos 90. Ele faleceu em 1994, devido a um suicídio por arma de fogo.

Clube dos 27 - Amy Winehouse

Amy Winehouse

Amy Winehouse faleceu em 2011, aos 27 anos, por uma intoxicação alcoólica aguda.

Curiosidades sobre as mortes dos membros do Clube dos 27

Além das causas de morte, existem algumas curiosidades e fatos interessantes sobre a vida desses músicos e suas mortes. Alguns exemplos são:

  • Jimi Hendrix morreu em um quarto de hotel em Londres. A proprietária do local afirmou que ele havia vomitado e se asfixiado com o próprio vômito, mas ainda há controvérsias sobre o que realmente aconteceu naquela noite.
  • Janis Joplin morreu apenas 16 dias após o falecimento de Jimi Hendrix. Ela estava gravando o álbum “Pearl” na época.
  • Jim Morrison morreu em Paris, em um apartamento que pertencia a sua namorada. O fato de sua morte ter ocorrido em um local diferente do usual gerou especulações sobre a causa do falecimento.
  • Kurt Cobain foi encontrado morto em sua casa em Seattle. Ele havia se isolado dos amigos e familiares nos meses que antecederam sua morte, o que aumentou os rumores sobre a possibilidade de suicídio.
  • Amy Winehouse lutou contra o vício em drogas e álcool por anos. Sua morte prematura chocou o mundo e gerou debates sobre a pressão enfrentada por artistas famosos.

Conclusão

O Clube dos 27 é um fenômeno que ainda desperta muita curiosidade e especulação entre fãs de música e entusiastas. A ideia de que existe uma maldição que assombra os grandes músicos é intrigante e alimenta o mistério em torno dessas mortes prematuras. 

É importante lembrar que esses artistas eram seres humanos, com histórias e desafios pessoais, e que suas mortes representaram perdas irreparáveis para a música e para seus fãs. 

Por isso, devemos valorizar e celebrar suas contribuições artísticas, ao invés de apenas focar no mito que envolve suas mortes. Esperamos que esse vídeo tenha ajudado a esclarecer um pouco mais sobre o Clube dos 27 e a lembrar desses grandes músicos que partiram cedo demais.

Uma jornada musical através das lendas do Clube dos 27,
honrando seus legados e contribuições eternas para a história da música. 🎸🎤

Jornalista Filipe Souza - Cinco Miligramas de Misantropia

Filipe Souza

Editor / Jornalista Responsável

MTB32471/RJ

👽 Gateiro, thelemita, amo a cultura hindu;
👽Converso sobre aliens, esoterismo, Google Ads e receita de bolinho de chuva!
📀Colecionador de LPs, CDs, Livros e histórias;
🤘 Ah! E metaleiro;
🃏Jogo uns tarôs de Crowley;
– Jornalista, designer e Workaholic;
– Produtor de conteúdo e apresentador do canal Cinco Miligramas de Misantropia;
– Amo cozinhar e degustar cervejinha artesanal;

Curta e compartilhe essa misantropia